terça-feira, 8 de janeiro de 2008

С Новым годом

... ou em português: Feliz Ano Novo!
Depois destas mini-férias, todos regressámos com saudades e a meio gás. Algumas crianças estiveram os primeiros dias do ano ainda em casa com os pais, por isso a sala esteve calma e tranquila. Foi durante esta calmaria que recebemos o D., um menino ucraniano que depois de uma temporada na Ucrânica com a mãe regressou à creche, onde só tinha estado sensivelmente um mês. A sua adaptação correu muito bem, mas o pior de tudo é ele não falar nada, mesmo nada, nadinha de português, ou seja, é tudo por gestos, por imitação e por tudo e mais alguma coisa que sirva para que ele nos compreenda. Por exemplo, o D. já tem o controle esfincteriano adquirido, mas como nós não sabemos quando é que ele quer ir à casa de banho, isto resolve-se por tentativas, mas pelo sim, pelo não a mãe voltou a colocar-lhe fraldas, o que é pena, pois acaba por retroceder no desenvolvimento. De resto, come muito bem, nas aulas de dança criativa e ginástica compreende muito bem os exercícios e jogos e faz tudo!! Aos poucos ele vai entendendo algumas regras, mas é muito complicado explicar-lhe quando tem de estar sentado, quando tem que esperar pelas outras crianças, quando pode ir buscar outro brinquedo, quando estamos na hora de arrumar, etc, mas aos poucos vamos evoluindo e além disso, é estas idades são as ideais para aprenderem novas línguas. Qualquer dia já começa a dizer algumas palavras em português, mas para já tudo o que ele diz só me soa a "vodka"!
As outras crianças ficam um bocado desconfiadas com o Danilo, mas não é por causa disso que não brincam com ele. Interagem muito, chamam por ele para ele ir brincar, ele só gosta de lhes puxar as babetes, os cabelos e pôr a língua de fora, mas é lindo de morrer, digno de capa de revista!

2 comentários:

betty mello disse...

Querida Ana, vc a retornar ao trabalho e nós aqui no Brasil em érias de verão quente "pra caramba "!!!Fico imaginando o pequeno ucraniano no meio da turminha...deve ser o "tempero de pimenta " que estão precisando !!!Mas logo logo estará falando pelos cotovelos e vcs com saudades dos tempos em que só dizia "vodcka "!!!
Bom trabalho, boas brincadeiras, beijinhos, Betty(Brasil)

SílviA disse...

Quando os pais fazem isso é uma chatice.

Amanha também recebo um menino novo, um ano mais novo que os outros, ainda nem tive cabeça para pensar nisso, mas acho que vou ter uns problemazecos porque devia andar ainda na creche e que por isso mesmo isto das regras vai ter que ser trabalhado outra vez para que os outros sejam mais "tolerantes" :)

Linda...um bom ano e boa sorte :)

Bj